Futebol Arte

15 de agosto de 2009

Outro dia eu estava assistindo a uma partida de futebol de areia e, num determinado momento do jogo, o locutor chamou a atenção para o fato de o Brasil “jogar bonito” mesmo sem os jogadores ficarem fazendo firula. Óóóóó!

Então eu me toquei que esta e outras tantas figuras que acham que sabem do que estão falando, que acham que sabem o que é futebol arte, ou que já se esqueceram o que é isso, não fazem a menor idéia do que significa Futebol Arte. Para essas pessoas, pobres infelizes que não conviveram (ou se esqueceram) com o futebol jogado no Brasil até a década de 80, futebol arte é fazer firulas com a bola, são as pedaladas, os dribles da foca, as milhões de embaixadinhas na frente do adversário, os chapéus em série.

NÃO, o Futebol Arte não tem a ver com exibicionismos pessoais. Que eu me lembre, o único que teve o direito garantido pelos deuses do futebol para fazer firula foi o Garrincha, porque era puro, era gênio, era divino. O Futebol Arte tem a ver com jogo de equipe, com conhecer e respeitar o companheiro, saber como ele pensa, com saber o que fazer com a bola assim que ela lhe chega aos pés sem precisar dar chutões ou espancar alguém. Tem a ver com os toques precisos de primeira, com as tabelinhas envolventes que deixam as defesas adversárias a ver navios, com os passes milimétricos que deixam o centro avante (um que saiba fazer gols) na cara do gol. O Futebol Arte tem a ver com o improviso objetivo e, sim, claro, também com um chapéu aplicado na hora certa, quando necessário, com um drible desconcertante com o objetivo único de chegar ao gol ou passar a bola adiante para quem possa chegar lá. Tem a ver, principalmente e necessariamente, com amar ou pelo menos honrar a camisa que se veste.

Se você assistir a um dos jogos da Seleção Brasileira que disputou a copa de 82, por exemplo, vai entender o que eu estou falando. Você não vai encontrar lá nenhuma pedalada, nenhuma firula, nem me lembro de um chapéu que tenha sido aplicado. Mas você vai ver uma das mais puras amostras do Futebol Arte brasileiro, vai ver lances sensacionais, geniais, tabelas, toques de primeira e precisos. Vai ver uma Equipe (com ‘E’ maiúsculo) de craques que tinham exata noção do que estavam fazendo ali, que era representando 120 milhões de brasileiros sedentos por show de bola.

Não, realmente aquela seleção não conquistou a Copa, mas eu não trocaria, hoje, assistir a um jogo daqueles caras por nenhum dos mercenários atuais. NENHUM!

Seleção Brasileira de 1982
Se ela nunca venceu a Copa do Mundo, azar o da Copa do Mundo


Clique para ampliar
Arquivo para impressão »

Esta foi uma das maiores Equipes de futebol que o mundo já teve o prazer de conhecer. Se não conquistou uma Copa do Mundo, como alguém disse um dia sobre o Zico, azar o da Copa do Mundo!

Como esses caras, todos eles, fizeram parte da minha infância e adolescência e tiveram influência direta na minha paixão pelo futebol (o daquele tempo), estão há muito tempo na fila para um time de botão. Acho que foi um dos primeiros conjuntos de escudos que eu preparei (agora reformulado) e se não foi transformado em time ainda, deve ter sido porque eu estava esperando a garantia de que ele seria feito com o capricho que merece ;-)

Deve ser um dos próximos a sair, logo depois do Flamengo que deve substituir o Mengão 81.

Não é preciso falar mais nada sobre a equipe, né? Escalação, dados pessoais? Quem não sabe deles, me desculpe, mas precisa estudar um pouco a história do futebol. Google já ;-)

Atualizado em 15 de agosto de 2009


Clique para ampliar

E a grande Seleção Brasileira de 1982 finalmente estreou nas mesas do Bola Quadrada. Foi na noite de 13 de agosto de 2009 e agradou DEMAIS o técnico, que saiu entusiasmado com o comportamento do time em campo. Já no primeiríssimo jogo, amistoso, contra o arquirrival Fernando, uma grande vitória por 6×3! É verdade que Fernando estava comandando um time novo, fora de suas características preferidas, mas mesmo assim foram 6 gols. Depois, no torneio, mais 3 jogos. Uma derrota por 0×1, esperada depois da euforia da estréia ;-), e mais 2 vitórias por 3×1. A média de 3 gols por partida na noite de estréia está pra lá de ótima!

O time se mostrou muito preciso nos chutes e com ótimo deslize nas mesas. Além de ter ficado lindão com a camisa e a escalação da Copa de 1982.

A primeira prova de fogo da equipe vai ser no 2º Torneio do Terraço Shopping, que será realiado na próxima semana. Não precisa dizer que a seleção já está escalada como titular, né?!

17 comentários para “Futebol Arte”

  1. vitor disse:

    Oi Marcus,
    Se me permite a carona, assino em baixo! Concordo em número, gênero e grau com tudo o que você disse!
    Para mim vale mais – muito mais -, a Seleção Brasileira de 1982, do que a Tetra Campeã de 1994, com seus quadradismos e sei mais lá o quê!
    Nosso problema é que um determinado sujeito – com perdão da palavra – chamado Zagalo, fez escola!… Pelo menos um prosélito e fâ de carteirinha ele conquistou – o pseudo conhecedor de futebol chamado Parreira!… E graças a isso, sofremos todos nós há muitos anos!!! Felizmente não há mau que sempre dure.
    No entanto, o triste período dominado ou sob a influência nefasta desses cidadãos, que privilegiavam o resultado, mesmo tendo que sacrificar a arte, o espetáculo, empanou o brilho latente do nosso verdadeiro talento para o futebol bonito!
    Por isso muitos esqueceram do que era o futebol arte ou, então, sequer o conheceram.
    Palavra de um aprendiz do futebol, que sabe nada saber e ter muito ainda a aprender.
    Um abraço,

  2. Zamorim disse:

    É isso aí, Vitor! Valeu pela contribuição!
    Quanto ao Parreira, a visão dele é tão distorcida, que outro dia cometeu a heresia de dizer que um jogador, pra jogar na Seleção Brasileira, precisava ter jogado na Europa, porque assim teria experiência internacional. Foi um dos maiores absurdos que já ouvi.

  3. vitor disse:

    Marcus, considerando o comentário feito – com perdão da palavra – pelo Parreira, de que um jogador para jogar na Seleção Brasileira precisaria ter jogado na Europa, para adquirir experiência internacional, somos forçados a concluir que o Brasil não teria sido Campeão Mundial em 1958 (!), nem BiCampeçao em 1962 (!!), muito menos teria conquistado o TRI CAMPEONATO MUNDIAL em 1970(!!!)
    De acordo com o raciocínio dele, o time formado por FÉLIX, CARLOS ALBERTO, BRITO, WILSON PIAZZA E EVERALDO, CLODOALDO, GÉRSON E RIVELINO, JAIRZINHO, TOSTÃO E PELÉ, não teria vez na Seleção Brasileira!
    Que sumidade!!!
    Um abraço,
    Vitor

  4. Zamorim disse:

    Então… não é?!

  5. Sergio disse:

    Incrivel a distorção do Parreira. Em outros tempos o jogador para ir para Europa precisava ter jogado na seleção. Agora para ir para seleção precisa ter jogado na Europa???!!!!!!!!!!!

    Quanto ao Zagallo , acha que foi cometida uma injustiça com ele em um comentario anterior. So pela seleção de 1970 ele prova que não é tão retranqueiro assim. O Flamengo de 2001 tambem jogava para frente. ( Senão nao teria ganho do Vasco que era um grande time)

    O problema do Zagallo é sua eterna associação ao Parreira, esse sim um retranqueiro de marca maior. Unico tecnico na historia das Copas a ser demitido durante a fase final.( Espanha 82 quando foi tecnico da Arabia)

  6. vitor disse:

    Oi Sérgio, muito prazer!
    Sou o autor do comentário a respeito do – com perdão da palavra – Zagalo (com um “ele” só)!
    Respeito sua opinião acerca desse senhor que já na Copa de 1958 perdeu uma grande oportunidade de aprender a ser ponta de verdade com o lateral Nílton Santos, este sim, anos luz à frente do futebol de sua época. Não foi à toa que Nílton Santos se tornou conhecido como “Enciclopédia”, enquanto o outro, mesmo sem merecer, não passou de uma “Formiguinha”, com todo respeito àqueles laboriosos insetos!
    Fato é que são conhecidas as passagens de Nílton Santos em “overlapping” sobre a “formiguinha”; como um foguete, por sinal, para desespero de Feola! Nilton atropelava a “formiguinha” que às vezes se o atrapalhava à sua frente, ia à linha de fundo, driblava o marcador e cruzava ou finalizava para o gol adversário. Cruzar a bola, na linguagem de Nílton Santos, significava passar para o atacante em condições de finalizar contra a meta adversária e não se livrar da bola como fazem muitos´…
    Quanto à Copa de 1970, meu amigo, é sabido por todos que aquele time não foi dirigido pelo “Formiguinha”, mas por um conjunto de craques, como Gérson, Piazza, Tostão, Pelé, Brito e Carlos Alberto…
    O “Formiguinha” continuava ali a sua trajetória de “caronista da CBD/CBF”, iniciada exatamente em 1958 por obra do acaso, não fosse uma contusão de Pepe, o ponta esquerda titular até então!…
    No que diz respeito ao Flamengo de 2001 não esqueçamos que a final do Campeonato Carioca foi decidida em duas partidas entre Flamengo e Vasco. Ao Flamengo só interessava a vitória, porque o Vasco foi o time com melhor campanha. E qual foi o resultado do 1º jogo: 2 x 1 para o Vasco! No segundo jogo 2 x 2 até os 43 do 2º tempo, quando a genialidade de Petkovic decidiu em favor do Flamengo, em magistral conbrança de falta. Um lance casual, que deu certo, só isso!…
    Mesmo assim, o sr. “Formiguinha” ia perdendo um campeonato para o qual o Flamengo havia montado uma excelente equipe, com dois bons goleiros, Júlio César e Clemer, uma zaga quase intransponível composta por Juan e Gamarra, alas ofensivos, como Alessandro, Athirson, Cassio, meio de campo marcador e criativo, com nomes como Leandro Ávila e Beto no auge da carreira e, na frente, atacantes que desequilibravam qualquer muralha adversária, com Edílson, o “Capetinha”, Reinaldo, Peticovith, Adriano, que se tornaria o “Imperador”, etc. etc. etc.
    Ou seja, mesmo com ovos de primeiríssima qualidade, o sr. “Formiguinha” ia deixando de fazer a sua omelete!!!
    Um abraço,
    Vitor

  7. Sergio Castro disse:

    Caro Vitor

    Obrigado pela resposta!
    Ainda que voce qause tenha me convencido com seus argumentos sobre Sr.13, ainda acho que ele tem seu valor. Não tão grande quanto muitos acham, mas tem. Pelo menos de a ele o credito de estar no momento certo, cercado das pessoas certas. (srsrrsrsrsrsrs)

    Um abraço
    Sergio

  8. vitor disse:

    Boa noite, Sergio!
    Sob este ponto de vista sou obrigado a concordar com você. De fato, a história em geral, tem nos oferecido um sem número de casos de pessoas que se notabilizaram por estarem no momento certo, cercada das pessoas certas (ou não)!
    Um abraço,
    Vitor

  9. GuGa_VW disse:

    Olá Zamorim
    Cara adorei essas camisetas do Brasil.
    Você tem como me mandar essas camisetas em vetor? Quanto sairia esse arquivo? Tenho um time azul que ficaria show de bola com essas camisetas, e gostaria de acressentar mais uns jogadores também.

    Obrigado desde já.

    GuGa_VW

  10. GuGa_VW disse:

    Olá Zamorim
    Cara quero adquirir as camisetas da seleção brasileira de 82, porem gostaria que fosse da seguinte forma:
    diâmetro de 42mm
    fundo amarelo
    escudo com 35mm de altura no centro da camisa
    números e contornos do circulo em azul
    números a esquerda do escudo em fonte arial tamanho 15.

    Qual o custo desse material? Grato

    GuGa_VW RS

  11. Zamorim disse:

    Oi Guga

    Eu não faço escudos por encomenda, mas você acha um monte de gente que faz, até de graça. Dá uma olhada no site Escudinhos (http://escudinhos.blogspot.com/), que tem um monte de links para sites de escudos. De repente você encontra alguém que possa fazer isso.

  12. GuGa_VW disse:

    Opa Zamorim. poxa estive do seu lado lá no grêmio e não sabia q era vc.
    Poxa cara estou com uma grande dificuldade em encontrar esse distintivo da seleção. recebi um material do distintivos.blogspot.com o Marcos é um grande cara, super atencioso, mas o material que ele me mandou estava vetorizado pelo coreltrace, e não tava legal.
    Lamentavelmente acho que vou desistir, estou a mais de mês tentando achar isso e não acho.
    Se vc tiver mais alguem que possa me conseguir este material te agradeço.
    Outra coisa, tenho um grande amigo que faço algumas artes e ele faz os botões p mim, dá uma olhada na página dele.
    http://www.botoesguarani.site.com.br

    Grande abraço.

  13. [...] já gloriosa Seleção Brasileira de 1982 estará representando o Zamorim F.B. e a Toca dos Leões como equipe titular para a disputa. Já [...]

  14. gabriel disse:

    muito bom esse site gostei muito da seleção de 82 apesar de mim ser de 97.
    mas como eu gosto muito de futebol eu sempre procuro saber mais e com esse site eu aprendi muito.
    obrigado e continuem assim…
    ah os botões tem para vender pois eu acabei de começar a jogar meu pai que me ensentivou se tiverem mande no meu e-mail que eu já postei.
    mas obrigado.

  15. Zamorim disse:

    Valeu, Gabriel!
    Os times não estão à venda, mas você pode baixar os escudos.

  16. Adriano disse:

    puxa irmão assino embaixo ela foi tambem a mais elegante de todo os tempos fina e educada com a bola nos pes entaão era de se maravilhar incrivel que saudade dessa seleção sensacional que eu ja vi jogar e que ninguém mais vai produzir igual abrço.

  17. Zamorim disse:

    Pois é, Adriano, e hoje se foi um dos grandes alicerces daquela geração! Um cara fenomenal o Dr Sócrates!

Deixe um comentário


Marcadores

1930 1934 1938 1942 1943 1944 1953 1954 1955 1958 1961 1962 1963 1966 1970 1974 1976 1980 1981 1982 1983 1987 2008 2009 Ajax Alemanha Argentina Argélia Arsenal Atlético Madrid Atlético Mineiro Atlético Paranaense Austrália Bahia Bangú Barcelona Bayern Boca Jr. Bola Quadrada Botafogo Botões Bragantino Brasil Brasiliense Brasiliense 2009 Brasília Camarões Campeões Brasileiros Campeões Candangos Campeões mundiais Campineira Ceará Ceilândia CEUB CFZ-DF CFZ/DF Chile Coenge Colo-Colo Colombo Copa 2010 Coritiba Coréia do Norte Coréia do Sul Cosmos Costa do Marfim Criciúma Cruzeiro Cruzeiro do Sul CSKA Defelê Dinamarca Equipes inesquecíveis Escudos Eslovária Eslovênia Espanha Esperança Estados Unidos F-Arte Fenerbahce Fiasco FIFA Figueirense Fiorentina Flamengo Fluminense França Futebol Gama Gana Goleiros Grécia Grêmio Grêmio Brasiliense Grêmio futmesa Guará Hertha Berlin Holanda Honduras Hungria Ibis Inglaterra Interestadual Internacional Internazionale Ipatinga Itália Japão Jogões Juventus Legião Libertadores Malutron Manto Sagrado Mengão 81 Mesas Milan México Nigéria Nova Zelândia Novorizontino Obina Palmeiras Paraguai Paraná Payssandu Periquito Piloto Pioneira Ponte Preta Portugal PSV Rabello Real Madrid River Plate Roma Sampaio Correa Santos Schalke 04 Seleção Seleção Brasileira Senta a Púa Serviço Gráfico Sobradinho Sporting Suíça São Caetano Sérvia Taguatinga Tiradentes Torneio Dadinho Torneio do Terraço Traves UEFA Uruguai Usinagem Valência Vasco vidrilha Vidrilhas Vila Nova Volta Redonda Werder Bremen Zamorim F.B. África do Sul

Parceiros

eXTReMe Tracker